Jorge Rita - Editorial

Novo Governo dos Açores deve defender os rendimentos dos agricultores | Editorial Agricultor 2000

As eleições para a Assembleia Legislativa Regional realizadas no passado dia 25 de outubro, resultaram na constituição de um novo Governo Regional dos Açores que já está em funções.

As eleições foram uma demonstração da maturidade dos Açorianos, que se pronunciaram nas urnas, com convicção e sentido de responsabilidade, optando pela eleição duma Assembleia Regional da Região Autónoma dos Açores mais plural e mais abrangente do que a anterior, alterando o quadro partidário do parlamento. 

O XIII Governo Regional dos Açores não tem muito tempo para se preparar, porque tem desde já, de implementar as medidas necessárias capazes de contrariar as consequências duma pandemia, que ainda tem grande imprevisibilidade. Por mais que os especialistas abordem o tema, existem ainda muitas dúvidas do que vai acontecer, embora tenhamos todos, a esperança da vacina poder chegar o mais rapidamente possível. Mas independentemente do que possa acontecer, temos a certeza que os agricultores não podem parar, porque a população precisa de se alimentar.

O futuro será difícil e exigente para todos, já que a vulnerabilidade da economia regional é uma realidade, por isso, é tempo de aproveitar os nossos recursos naturais e a agricultura é a principal atividade económica dos Açores. Qualquer governante tem de saber que sem os agricultores, a economia fica em grandes dificuldades, devido às repercussões que a nossa atividade económica tem em todas ilhas.

Temos a sensibilidade que o presidente do Governo Regional dos Açores sabe da importância deste setor para a região, desta forma, aguardamos que tenha a determinação necessária que a Agricultura merece. Também o novo secretário regional da agricultura conhece bem o meio e já pertenceu ao movimento associativo regional, por isso, esperamos que crie as medidas que os agricultores necessitam, nomeadamente, na fileira do leite onde o preço pago ao produtor continua a ser teimosamente um dos, mais baixos da Europa e o seu empenho no quadro plurianual 2021-27.

Os rendimentos dos agricultores têm de melhorar, pelo que precisamos de um governo que seja proativo na defesa dos interesses dos agricultores porque com isso, beneficiam todos os Açorianos.

Novo Governo dos Açores deve defender os rendimentos dos agricultores

A excelência do nosso leite continua a não ser valorizada

A existência de organizações de produtores de referência é fundamental para a vitalidade do setor agrícola

A pandemia do covid-19 veio demonstrar a importância da Agricultura na sociedade

Haja coragem para apoiar e acarinhar a Agricultura Açoriana

VI Concurso Micaelense Holstein Frísia de Outono

Os agricultores são quem mais protege o ambiente porque vivem e dependem dele

A melhoria dos rendimentos dos agricultores será sempre a nossa principal preocupação

XVIII Concurso Micaelense da Raça Holstein Frísia

Quando é que acaba a delapidação do setor leiteiro na região?

Reestruturação da fileira do leite tem como objetivo a melhoria dos rendimentos dos produtores

A vinda do Bispo de Angra à A.A.S.M. é mais um sinal de esperança no futuro da Agricultura Açoriana

V Concurso Micaelense Holstein Frísia de Outono

Os Agricultores dos Açores merecem mais

O nosso leite tem de ser mais bem pago

XVII Concurso Micaelense da Raça Holstein Frísia

É urgente a criação de um calendário indicativo das ajudas regionais à agricultura

A fileira do leite necessita de uma estratégia clara e bem definida

2018 tem de ser um ano melhor para a Agricultura Açoriana

IV Concurso Micaelense Holstein Frísia de Outono - uma mostra da excelência dos nossos animais

A vinda do Presidente da República à Associação Agrícola de São Miguel é um sinal de confiança nos Agricultores Açorianos

O discurso dos milhões que se revelam tostões

O sucesso da Agricultura Açoriana passará sempre pela existência de organizações de produtores fortes

Um dos melhores leites do mundo é o mais mal pago da Europa

Uma Santa Páscoa

Mercado Agrícola de Santana: Mais um objetivo atingido

A indústria deve ter um comportamento justo e aumentar o preço de leite à produção

A base da economia dos Açores é e continuará a ser a Agricultura

Próximo Governo Regional deve encarar o setor agrícola como prioritário

Pagamentos por conta: Uma grande injustiça

O futuro da Autonomia dos Açores depende duma Agricultura forte e sustentável

Não desistimos de encontrar soluções satisfatórias para os produtores de leite

Prémio Nacional de Agricultura 2015 para a Cooperativa União Agrícola reconhece o trabalho feito em prol dos agricultores

Confiança num ano melhor