Jorge Rita - Editorial

A excelência do nosso leite continua a não ser valorizada | Editorial Agricultor 2000

A fileira do leite na região terá sempre um problema enquanto a produção não for devidamente reconhecida, nomeadamente com o pagamento aos produtores dum preço do leite justo e de acordo com o que a indústria europeia pratica. Os Açores continuam a ter um dos preços de leite mais baixos da Europa e esta é uma realidade inquestionável e que não pode deixar de ser recordada.

A recente pandemia do Covid-19 permitiu mais uma vez demonstrar que a maioria da indústria se encontra financeiramente bem, já que nenhuma delas recorreu a qualquer programa de apoio, ao contrário de alguns agricultores que tiveram de se endividar ou adiar o pagamento de dívidas. As dificuldades deveriam ser repartidas entre indústria e produção, mas são sempre os produtores que mais sofrem. A produção continua a ser o parente pobre da fileira.

As indústrias acomodam-se com a facilidade que têm em baixar o preço de leite pago aos produtores em vez de melhorarem as suas ineficiências, através da inovação e promoção dos seus produtos e deveriam utilizar os fundos comunitários ao seu dispor, para criarem produtos de valor acrescentado, capazes de aproveitar as qualidades particulares do nosso leite.

Perante esta postura repetitiva imposta pela indústria de penalizar os produtores não só pela via do preço, mas também pela produção, a Federação Agrícola dos Açores reivindicou algumas medidas que contribuem para a reestruturação da fileira, como a conversão das explorações de leite para carne, a redução da produção de leite e número de vacas até 20% sem que haja penalização no âmbito do Posei e a Cessação da Atividade Agrícola.

A indústria obriga-nos a procurar alternativas que ajudem à viabilização das explorações agropecuárias porque continuam a não aproveitar devidamente a excelência do nosso leite, que deveria ser capaz de entrar nos mercados pela sua diferenciação e pelas suas características próprias e únicas.

O pagamento de um preço de leite digno aos produtores, continua a ser um óbice significativo no desenvolvimento duma fileira fundamental para a economia regional.

Haja coragem para reunir toda a fileira para alterar esta situação.

A excelência do nosso leite continua a não ser valorizada

A existência de organizações de produtores de referência é fundamental para a vitalidade do setor agrícola

A pandemia do covid-19 veio demonstrar a importância da Agricultura na sociedade

Haja coragem para apoiar e acarinhar a Agricultura Açoriana

VI Concurso Micaelense Holstein Frísia de Outono

Os agricultores são quem mais protege o ambiente porque vivem e dependem dele

A melhoria dos rendimentos dos agricultores será sempre a nossa principal preocupação

XVIII Concurso Micaelense da Raça Holstein Frísia

Quando é que acaba a delapidação do setor leiteiro na região?

Reestruturação da fileira do leite tem como objetivo a melhoria dos rendimentos dos produtores

A vinda do Bispo de Angra à A.A.S.M. é mais um sinal de esperança no futuro da Agricultura Açoriana

V Concurso Micaelense Holstein Frísia de Outono

Os Agricultores dos Açores merecem mais

O nosso leite tem de ser mais bem pago

XVII Concurso Micaelense da Raça Holstein Frísia

É urgente a criação de um calendário indicativo das ajudas regionais à agricultura

A fileira do leite necessita de uma estratégia clara e bem definida

2018 tem de ser um ano melhor para a Agricultura Açoriana

IV Concurso Micaelense Holstein Frísia de Outono - uma mostra da excelência dos nossos animais

A vinda do Presidente da República à Associação Agrícola de São Miguel é um sinal de confiança nos Agricultores Açorianos

O discurso dos milhões que se revelam tostões

O sucesso da Agricultura Açoriana passará sempre pela existência de organizações de produtores fortes

Um dos melhores leites do mundo é o mais mal pago da Europa

Uma Santa Páscoa

Mercado Agrícola de Santana: Mais um objetivo atingido

A indústria deve ter um comportamento justo e aumentar o preço de leite à produção

A base da economia dos Açores é e continuará a ser a Agricultura

Próximo Governo Regional deve encarar o setor agrícola como prioritário

Pagamentos por conta: Uma grande injustiça

O futuro da Autonomia dos Açores depende duma Agricultura forte e sustentável

Não desistimos de encontrar soluções satisfatórias para os produtores de leite

Prémio Nacional de Agricultura 2015 para a Cooperativa União Agrícola reconhece o trabalho feito em prol dos agricultores

Confiança num ano melhor