Jorge Rita - Editorial

Haja coragem para apoiar e acarinhar a Agricultura Açoriana | Editorial Agricultor 2000

O ano de 2020 será decisivo para os rendimentos dos agricultores, já que terão lugar acontecimentos e eventos capazes de marcar o setor agrícola na região nos próximos anos, surgindo daí consequências, que se irão refletir duma forma clara e objetiva na atividade diária que é desenvolvida pelos agricultores em prole dum património rural que só eles sabem cuidar e preservar.

O quadro financeiro plurianual 2021-2017 da União Europeia continuará em discussão e ao que tudo indica só este ano teremos o orçamento finalizado, eventualmente na presidência alemã do Conselho da União Europeia no segundo semestre, e só após esta definição, poderão ser delineadas, na sua totalidade, as políticas agrícolas a adotar, onde o Pacto Ecológico Europeu assumirá uma importância decisiva. Refira-se que a presidência portuguesa do Conselho no 1.º semestre do próximo ano terá um trabalho essencial na aplicação das novas diretrizes da Política Agrícola Comum. Entretanto, teremos um regime de transição entre quadros comunitários de apoio ainda em negociação, que terá uma duração de pelo menos um ano, mas que se pode traduzir, em dois. O orçamento comunitário é fundamental para o futuro da economia e da agricultura nos Açores, por isso, a Associação Agrícola de São Miguel prosseguirá sempre, na procura das melhores soluções que permitam salvaguardar os interesses dos agricultores, e assim, de todos os Açorianos.

No âmbito regional, as eleições para a Assembleia Legislativa dos Açores, previstas para outubro, são também importantes para o futuro da agricultura, devendo os eleitores estar permanentemente atentos à atividade política que é desenvolvida pelos partidos políticos, para que na altura certa, possam votar em consciência, exercendo desta forma, um direito cívico que tem de ser defendido e protegido.

A Agricultura enfrentará desta forma grandes desafios, e no caso do leite, os produtores aguardam que a indústria seja capaz de aproveitar a qualidade da matéria prima que lhes é entregue, e consigam valorizar e diversificar os seus produtos, para que possam pagar ao produtor o preço de leite justo.

Enquanto o trabalho dos produtores não for devidamente recompensado, o futuro da fileira do leite será sempre problemático e indefinido.

A Feira Agrícola Açores realiza-se em São Miguel, entre 12 e 14 de junho, e inclui o Concurso Nacional da Raça Holstein Frísia, constituindo esta, uma oportunidade única para mostrar a excelência da genética da região, que resulta da aposta e investimento que os produtores de leite Açorianos têm feito nas últimas décadas. 

Este será um ano fundamental na afirmação da agricultura na região, sabendo que mesmo com o crescimento de outras atividades económicas, como o turismo, o setor agrícola continua a ser um pilar insubstituível na coesão económica e social, pelo que tem de haver coragem dos diferentes protagonistas do setor, para apoiar e acarinhar a Agricultura Açoriana.

Haja coragem para apoiar e acarinhar a Agricultura Açoriana

VI Concurso Micaelense Holstein Frísia de Outono

Os agricultores são quem mais protege o ambiente porque vivem e dependem dele

A melhoria dos rendimentos dos agricultores será sempre a nossa principal preocupação

XVIII Concurso Micaelense da Raça Holstein Frísia

Quando é que acaba a delapidação do setor leiteiro na região?

Reestruturação da fileira do leite tem como objetivo a melhoria dos rendimentos dos produtores

A vinda do Bispo de Angra à A.A.S.M. é mais um sinal de esperança no futuro da Agricultura Açoriana

V Concurso Micaelense Holstein Frísia de Outono

Os Agricultores dos Açores merecem mais

O nosso leite tem de ser mais bem pago

XVII Concurso Micaelense da Raça Holstein Frísia

É urgente a criação de um calendário indicativo das ajudas regionais à agricultura

A fileira do leite necessita de uma estratégia clara e bem definida

2018 tem de ser um ano melhor para a Agricultura Açoriana

IV Concurso Micaelense Holstein Frísia de Outono - uma mostra da excelência dos nossos animais

A vinda do Presidente da República à Associação Agrícola de São Miguel é um sinal de confiança nos Agricultores Açorianos

O discurso dos milhões que se revelam tostões

O sucesso da Agricultura Açoriana passará sempre pela existência de organizações de produtores fortes

Um dos melhores leites do mundo é o mais mal pago da Europa

Uma Santa Páscoa

Mercado Agrícola de Santana: Mais um objetivo atingido

A indústria deve ter um comportamento justo e aumentar o preço de leite à produção

A base da economia dos Açores é e continuará a ser a Agricultura

Próximo Governo Regional deve encarar o setor agrícola como prioritário

Pagamentos por conta: Uma grande injustiça

O futuro da Autonomia dos Açores depende duma Agricultura forte e sustentável

Não desistimos de encontrar soluções satisfatórias para os produtores de leite

Prémio Nacional de Agricultura 2015 para a Cooperativa União Agrícola reconhece o trabalho feito em prol dos agricultores

Confiança num ano melhor